Na sequência das alterações introduzidas ao contingente especial de acesso ao ensino superior, já não é obrigatório realizar a totalidade do ensino secundário num país estrangeiro para concorrer através do “Contingente especial para candidatos emigrantes portugueses e familiares que com eles residam”.

O pedido de equivalência de habilitações do ensino secundário estrangeiras pode ser realizado presencialmente neste posto consular, com marcação prévia.

Para mais informação, por favor consulte o folheto "Acesso ao ensino superior para emigrantes e lusodescendentes".

  • Partilhe